terça-feira, 30 de novembro de 2010

Será que "alengalengadoalvarenga" é um gozo???

Quem nunca gozou, que atire a primeira pedra!!!
Raios parta a crise!!! Tira o sentido de humor ás pessoas ( se por acaso o tinham...)




Abraços

Teve para ser...mas não pode ser....

Depois dos últimos desenvolvimentos da saga deste blogue, entre ameaças, que não eram para mim, mas parece que também não eram para "outro", mais o acenar de lenço branco, mais a pombinha da paz, e o convite para o copo, decidi, que segundo a minha educação Católica, se deve perdoar a quem nos faz mal (directa ou indirectamente).
E eu assim fiz... meti os pés ao caminho, que no caso particular estavam calçados com Michelin, e lá fui eu, meio nervoso... sem saber o que me iria esperar no "reino do inimigo".
E pelo caminho assaltaram-me algumas ideias (nada bom prenuncio para quem ia a um estabelecimento prisional):
E será que aquilo está aberto?? Bem o Miguel diz que aquilo não é bem uma prisão..que a malta pode entrar e sair e tal...
E será que a malta me deixa entrar?? Bem...entrar... eu acho que eles têm sempre as portas abertas para isso, o problema deles é não deixarem sair...
E agora estou a lembrar-me...será que já prescreveu aquela multa em que fui apanhado a conduzir sem capacete e totalmente bêbado?? Queres ver que ainda sou arrecadado também??
E no meio destes pensamentos, uma ideia se sobrepunha: o que importava era estender a mão ao meu "inimigo" e selar ali uma "trégua".
Chegado á porta, toquei á campainha e esperei..
Nada!!
Voltei a tocar, mas desta vez já a pensar que se calhar aquilo era um grande erro...
Quando já estava a virar costas, ouço um barulho metálico de chaves na fechadura e uma pequena portinhola abre-se no portão:
-Boa Noite ! Diga por favor, atira uma voz do interior.
-Boa noite... desculpe..isto se calhar é uma parvoíce ter vindo assim sem avisar..
- Sim..mas diga..
-Ah..sabe eu tenho uma pequena quezília, com um senhor que está detido aqui, e vinha cá para fazermos as pazes...
-O quê??
- Sim...fazer as pazes, apertar a mão, beber um copo...
- Ó amigo você é maluco??  Quer fazer as pazes, espere que ele saia de vez e então faça as pazes com ele...
- Não!! Tem de ser agora..se não nunca mais consigo...eu sou assim..ou vai ou racha...e olhe que me custou muito ter vindo até aqui...
-Ó amigo..já lhe disse...mas já agora...quem é o detido que o senhor quer fazer as pazes??
-Ah...é mais ele que quer fazer as pazes comigo...mas..é o Miguel Alvarenga!
- O Miguel Alvarenga?? Aquele que tem um penteado á Paulo Bento, e tem um jornal, ou escreve num jornal ou que é???
-Sim..Esse mesmo...é que eu escrevi umas coisas na Internet... e pronto...depois ele escreveu outras e tal...e a malta desentendeu-se...
Então num repente, o homem por detrás da portinhola solta um grito, dá umas voltas á chave...abre a porta grande e exclama:
-Éh pá!!! Não me diga que você é o gajo que escreve no blogue da Lengalenga???
-Sim...sou eu...( digo eu, meio a medo)...
O homem solta uma sonora gargalhada, e grita para o interior do estabelecimento prisional:
-Ó Pessoal!!! Pessoal??!!! venham cá!!! Tá aqui o gajo da lenga lenga...- e virando-se para mim, dá-me um abraço, e diz:
- Ó amigo... a malta farta-se de rir consigo, pá!!
Entretanto chegam mais dois Guardas Prisionais..que efusivamente me cumprimentam e convidam-me a entrar.
-Ó cum caraças!! então você vinha aqui para fazer as pazes com o Alvarenga?? Éh pá..deixe-se lá disso...a malta aqui farta-se de rir com o blogue, e depois quando ele vem ao fim de semana, partimos-lhe a cabeça...Ahahahahaha
Entretanto já uma garrafinha de jeropiga estava em cima de uma mesinha...e estávamos todos a beber por uns copinhos de plástico..
-Isto é para aquecer a alma...que isto aqui é um frio do caraças... Pois é amigo, você  não faz nada as pazes com ele...pelo menos enquanto ele cá estiver... isto tem sido um fartote...
E diz outro,meio em surdina, como se estivesse com medo que alguém o escutasse:
-Sabe..aquela coisa da malta ..os outros detidos??? irem ter consigo para lhe bater...?? Isso foi tudo engendrado entre nós..para você ter mais material para lhe chegar na cabeça... tá a perceber??
 Eu um pouco incrédulo com toda a situação lá ia abanado a cabeça...
- E quer saber a melhor??? Mesmo que a gente o deixasse entrar para fazer as pazes com ele... Ele já saiu, amigo... Saiu á bocado...mais um bocadinho e você cruzava-se com ele... olhe ainda bem que não...ahahahaha.
E diz outro:
-Você nem pense em fazer as pazes nem beber copo nenhum...nem nada...sabe que isto aqui é uma pasmaceira...e o seu blogue sempre serve para a malta se animar ao fim de semana...tá a perceber??
Lá disse que sim, enquanto me acompanhavam até á porta, e despediram-se de mim com mais uns abraços e uma risadas...
Pronto... e mesmo que quisesse..agora é que não posso mesmo beber esse copo com o Alvarenga, até porque não vou defraudar malta tão porreira...
Abraços

domingo, 28 de novembro de 2010

Obrigado caros leitores da lengalengadoalvarenga

Esta madrugada batemos os 10.000 visitantes!!! Fantástico para um blogue que  iniciou os seus "trabalhos á menos de dois meses. Abraços

sábado, 27 de novembro de 2010

Reflexões de merda...Ops...desculpem...Debates de W.C...

Imaginem uma casa de banho. Imaginem o que se faz lá dentro. Imaginem vários cenários.
A loira, toda nua, a agua escorrendo pelo seu corpo esbelto,as mãos percorrendo cada pedaço do seu corpo, libertando espuma que se vai diluindo com a água do chuveiro que cai sobre o seu bonito rosto... (Ok..já chega...); agora imaginem o rosto de dor do individuo que entra aflito na casa de banho e fica eternidades frente á sanita, esperando que uma simples gota de urina lhe saia, pelo orificio do seu orgão reprodutor, enquanto geme de dores, e amaldiçoa a pedra que transporta dentro dos rins; a cara de felicidade da menina que fez cócó, ela que sofre tanto de obstipação.; o jovem adolescente que lê a revista porno enquanto se esvazia de tensões, e imagina a vizinha do andar de cima, enrolada com ele por entre as almofadas da sala;a senhora já velhinha que exagera no blush e percorre o passado na viagem dum espelho, e sonha com os seus trinta anos; O choro de alegria da mulher quando vê o teste de gravidez a dizer sim...sim..sim..
Agora imaginem  que a casa de banho, é este blogue. Todos podem vir aqui para o que precisarem...Água e uma sanita não se deve negar a ninguém em aflição.Não espero que a limpem mais do que a encontram...só não se esqueçam de limpar os pingos de xixi, de colocar o papel higiénico na papeleira, de limpar os restos da espuma de barbear do lavatório... e assim por diante...ok??
Sabem o que é? Eu fiz esta casa de banho para alivio mental; E não sejam púdicos ou falsos púdicos... todos comemos e todos cagamos..certo..eu sei que dito assim ..é um bocado...cócó está bem???
Agora por amor de Deus, não me venham cagar a sanita e deixem a casa de banho toda empestada, não descarregam a água e ainda vão para a rua dizer que não se pode ir cagar a casa do Cunha...ok?? O Cunha gosta muito de sentar-se a aliviar o que for preciso, mas de forma limpinha...
Serve esta pequena brincadeira de merda, para vos informar, que sou livre de fazer o blogue da maneira que quiser, a casa é minha. Não tenho guerras pessoais com Miguel Alvarenga! Não o conheço! Não preciso que me venham defender! não me importo que  me venham atacar sobre o que escrevo! São livres de aliviar a vossa tripa mental da maneira que quiserem, mas deixem a casa limpinha..Ok???? Não usem o Blogue para dizerem o que querem, acerca do que outros disseram sobre aquilo que outro qualquer escreveu..e assim por diante...e ainda por cima duma forma anónima...
Como já devem ter reparado, eu não retiro nenhum comentário, assim como também não comento o  que a malta lá escreve... mas por favor, não me venham cagar a casa de banho toda...porra...Vá lá...eu quero continuar a divertir quem me quer ler..quero divertir-me a escrever,  até o próprio Miguel Alvarenga já diz que gosta disto...portanto, não usem o blogue para  combates de merda, ainda por cima, atirando bostas sem saber para quem, e recebendo bostas não se sabendo de quem...
Adoro saber que muitos gostam do que escrevo. Gosto muito de o fazer. Mas tentem perceber que o tento fazer com elevação e sem ofensas pessoais... por isso não venham para aqui com esse espírito, por favor... Deixem os ódios lá fora, até porque isso faz mal ao coração.
Olhem!!! Sabem.... hoje é dia de recolha de alimentos... um bocadinho de cada um pode fazer a diferença a muitos..e acreditem, depois irão sentir-se muito melhores pessoas...
Abraços

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

amigos são pra sempre

Os amigos são para a eternidade!!Os amigos deveriam ser como deve ser um grupo de forcados: dar o corpo e alma pelo outro amigo!
Hoje vou reencontrar amigos que não vejo à 30 anos. Já reencontrei alguns à pouco tempo. Desse encontro nasceu a ideia de nos reencontrarmos todos... vai ser o bom e o bonito... Acho que os toiros estão grandes... Mas a malta está lá para resolver a situação... E no final que a malta saia pela Porta grande! Daqui vai um abraço para o Forcado Ramires Samuel, que infelizmente não vai poder estar connosco nesta grande corrida!! Mas temos a certeza que muitos brindes esta noite serão á sua pessoa.
Para os meus amigos, leitores do blogue fica aqui a explicação para, por hoje, não vir mais aqui  (tenho de estar concentrado na corrida, e já ouvi dizer que o cabo me vai dar um dos mais brutos) e possivelmente amanhã também não, porque o mais natural é estar um bocadinho "amassado". Por certo compreenderão a minha ausência. E já agora adianto-vos o meu brinde: Em meu nome e em nome dos "Amigos do Liceu  Sá da Bandeira de Santarém, dos anos 70 a 80", quero brindar esta minha pega a todos os Aficionados que todos os dias me dão mais vontade de escrever para vós. Se alguma coisa não correr bem, se algum dia não gostarem do que escrevo, da mesma maneira vos receberei com um abraço. Obrigado
Ah!... e (cheguem-se cá....shiiiiuuu...eu acho..que vai ser até partir o pescoço!!!!)
Abraços

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Carta Aberta a Miguel Alvarenga

Caro Miguel Alvarenga
Como já deve saber o meu nome é Carlos Cunha, sou actor de profissão, pai de 3 filhos e avô de uma neta.
Quem me conhece , sabe que sou pessoa de Bem, e orgulho-me dos Valores que meu pai e meu avô me transmitiram.
 Escrevo-lhe directamente pela primeira vez e espero sinceramente pela última. Como também deve saber sou o autor e único criador de tudo o que se escreve e publica no Blogue "alengalengadoalvarenga". Para que fique bem claro, nada me move neste blogue que não seja o que publicamente afirmei, durante o colóquio promovido pela plataforma "Em defesa da Festa Brava", na praça de toiros Palha Blanco, e que se explica ao longo das próximas considerações:
1º- Sou Aficionado da Festa e preocupa-me tudo o que a ela diz respeito.
2º- Tento andar o mais informado possível do fenómeno dos toiros.
3º- Tenho como amigos, muita gente que faz parte deste universo taurino, sejam eles forcados, bandarilheiros, empresários, criadores, cavaleiros ou simplesmente aficionados.
4º- Nunca fui indelicado com ninguém, e também devo referir que sempre fui muito bem tratado por todos, criando séria amizade com a grande maioria.
5º- Não gosto da linha editorial do Jornal Farpas, no qual o senhor exerce o cargo de Director.
6º- Não gosto da maneira como o senhor exerce a profissão de Jornalista.
7º - Não gosto de ver o Jornal que mais deveria servir os interesses da festa (visto que é do fenómeno da Festa que o Jornal sobrevive), a ser o maior causador  de sobressaltos e polémicas, que em nada dignificam a Festa ou quem  realmente se preocupa em  não a deixar soçobrar.
8º- Ao criar o blogue "alengalengadoalvarenga" fi-lo com o propósito maior de manifestar o meu desagrado pela linha editorial do Jornal Farpas ( o nome do blogue é escolhido por sentir que o seu jornal é assim mesmo como diz a tradução: conversa fiadaenfadonhaladainhalenda)
9º- Nunca pensei que o Blogue tivesse a repercussão e a visibilidade que tem, muito menos que tivesse os desenvolvimentos que teve através da sua pessoa.
10º- Para maior espanto meu, o senhor no blogue que alimenta o jornal (ou vice-versa), faz uma ameaça á minha pessoa, que só posso considerar como  de alguém desesperado (como lhe referi num dos posts de minha autoria, deveria perguntar ao seu advogado antes de publicar uma barbaridade daquelas, ainda para mais estando o senhor a cumprir pena de prisão)
11º- Como se não bastasse, e para cumulo da sua desorganização mental, vem á minha pagina de Facebook convidar-me para "beber um copo"
Caro Miguel Alvarenga, não bebe copos comigo, quem me ameaça de ir a minha casa com  "uns dez, chega", para me "agradecer".
Não vou beber copos consigo, porque o senhor começou logo mal a sua aproximação, á minha pessoa apesar de eu perceber que esteja irado com aquilo que eu escrevo. Mas, sabe qual é a grande diferença Miguel Alvarenga?
Eu escrevo sobre o que você escreve não sobre si! Como dizia Ezra Pound "Podeis reconhecer um mau critico porque ele começa por falar do poeta e não do poema". E isso é unicamente o que você faz Miguel Alvarenga. E é isso no essencial que me aborrece enquanto Aficionado. Que o senhor tenha "a faca e o queijo na mão", para elucidar, instruir, informar, ou seja alimentar a nossa Aficion, e no entanto  utilize a faca para ameaçar, e o queijo para tentar "comprar favores" e informadores. Nessa politica eu não entro Miguel Alvarenga.
Por último, quero dizer-lhe aqui ou em qualquer lugar, uma coisa que você costuma dizer á boca cheia: Eu não tenho medo de si! 
É por tudo isto que em cima referi, Miguel Alvarenga, que eu não bebo um copo consigo!
Fique bem, que é o que desejam as pessoas de Bem, pois os Abraços ficam para os que nos querem bem.

Para os leitores do blogue alengalengadoalvarenga, os meus sinceros pedidos de desculpa pelo carácter nada humorístico deste post mas acredito que entendem...abraços

O Espírito de Santarém não é nada... comparado com o Espírito de Natal!!

Ainda dizem por aí aí que não existe Espírito de natal...
Do meu mais recente Amigo recebi este video. É para ver até ao fim...cuidado...é muito emocionante...até tenho aqui uma lagrimita a querer rolar pela minha face...shuifffff

terça-feira, 23 de novembro de 2010

A bipolaridade é uma coisa realmente estranha

Ontem tinha uns amigos para me fazerem uma "visitinha",  hoje convida-me para beber copos... e ao mesmo tempo roubar-me o trabalho... vá lá um gajo entender esta malta!!!


"Alvarenga:- Obrigadinho, ó Cunha! Havemos de tomar um copo e rir os dois como o caraças!... Vais ver que sou um gajo porreiro. E tenho muito mais piada que tu..."



Abraços

QUANTOS SÃO??? HUMMM??? QUANTOS SÃO???



O director do Jornal Farpas, Miguel Alvarenga, escreve esta segunda-feira no Farpas Blogue um texto muito engraçado acerca deste blogue que vocês tanto gostam de ler...(ao que parece ele também). Deixo á vossa consideração a qualidade da escrita assim como a mensagem subliminar.

Segunda-feira, 22 de Novembro de 2010
Turma do Linhó quer agradecer pessoalmente ao marciano...

Não me largam a cabeça para irmos em excursão a terras alentejanas a fim de "agradecer pessoalmente" ao extraterrestre (marciano, mas de fraca figura...) autor do "tal blogue"........Vai ser um delírio! Já estou a vê-los a todos aos abraços e aos beijos. Oxalá não lhes passe pela cabeça mimar o marciano como há tempos o mimou numa praça de toiros um conhecido empresário..Eu, por mim, acho que o extraterrestre se devia continuar a dedicar à pesca e a admirar o saudoso ditador chileno, sem que nos imiscuíssemos na vidinha dele,mas eles querem à viva força fazer-lhe uma visita de "agradecimento" - realmente o tipo tem sido fantástico a divulgar o "Farpas". E a gratidão é uma coisa muito bonita. Vamos para aí uns dez - e chega! Almoçamos primeiro, divertimo-nos a seguir.

Segunda-feira, 1 de Março de 2010

Somos trinta e poucos na casa do “Big Brother”. Estão todos ali porque foram apanhados a conduzir sem carta ou com alcóol mais que uma vez. Eu sou o único que cumpro pena pelo denominado crime de “abuso de liberdade de imprensa”. Devo ser também um dos poucos jornalistas a ter ido parar à prisão depois das “liberdades” do 25 de Abril – o que, acreditem, me enche de orgulho.Os meus companheiros são tipos porreirosNada a ver com perigosos criminosos. Ninguém se mete com ninguém, ninguém gama nada a ninguém, pelo contrário, acabamos por constituir um grupo de amigos que passam o fim-de-semana juntos. No primeiro fim-de-semana, como não sabia e não levara nada, fartaram-se de me oferecer coisas que eles tinham para comer. Um dia levo-os todos a uma corrida de toiros e divertimo-nos à brava. Esperem para ver.


Ao Senhor Director do Jornal Farpas

Senhor Director do Jornal Farpas, você é realmente um case study: Acusado e condenado por crime de abuso de liberdade de imprensa, a cumprir pena num estabelecimento prisional com um regime de excepção;
Tem um grupo de "amigos" no mesmo estabelecimento que "não lhe largam a cabeça", para "agradecerem pessoalmente" ao editor deste blogue;
 Diz que virão para aí uns dez, ou seja um terço do efectivo detido;
Mas qual é a parte do "Miguel!!! Você foi condenado e está a cumprir pena de prisão!", que você não entende?
Quer sair daí, ou gosta tanto dos amigos que aí fez, que pretende prolongar a sua estadia? Porque razão não perguntou ao seu advogado, que será bem mais sensato que você, antes de escrever esta parvoíce?
Você diz que gosta dos seus filhos, e só faz asneiras para os privar da   sua presença, porquê?
Gosta de estar nas bocas do mundo, é? Porque não pelas boas razões? Porque não faz uso real da sua carteira de Jornalista? Aliás em pergunto: como é possível o Sindicato de Jornalistas ainda permitir que o senhor assine como Jornalista? 
Eu estou a imaginar a Manuela Moura Guedes, a abrir o Jornal das 20h num qualquer canal e a dizer: Boa Noite senhores telespectadores, uns amigos meus do Bairro 6 de Maio da Damaia, estão fartos de me dar na cabeça, para porem o José Sócrates a andar de cadeirinha de rodas e a beber por uma palhinha.
Ganhe juízo, senhor Director. Agradeça a Deus que tanto diz amar, por eu ser uma pessoa de Bem.
Mas porque o meu blogue é ou pretende ser um espaço de Humor, e a conversa já vai muito séria deixo-o com esta frase:QUANTOS SÃO??? HUMMM??? QUANTOS SÃO???
ABRAÇOS (desculpe, mas estes são apenas para os leitores que não me ameaçam)


segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Glórias do Passado



Quarta-feira, 14 de Julho de 2010
Francisco Costa: "É tempo de se arrancar com uma nova associação de forcados!!!!"

Correram noticias no Verão de que uma nova Associação de Forcados iria aparecer em Outubro para "destronar" a actual ANGF presidida por José Potier. Francisco Costa e João Duarte perfilaram-se na linha da frente para o combate...
A lengalenga teve acesso ás imagens como tudo começou...
Durante a viagem para a o Coliseu  Figueirense, onde as Glórias do passado da Forcadagem Nacional iriam para pegar 6 Terroríficos Toiros, na Corrida patrocinada pelo Jornal Farpas
video
Estamos em Novembro!!! Outubro já la vai...
Ou será que é num Outubro de outro ano qualquer?? Ficamos á espera...
Abraços

sábado, 20 de novembro de 2010

o que dá chamarem pau mandado a um tipo mal empregado

Diz o empregado de mesa para a sua mesa:
-Estou farto de ser seu empregado! Até lhe digo mais: acho que sou mal empregado, para ser seu empregado, com o emprego de empregado de mesa. É que não sei se sabe mas eu servindo á mesa, sirvo na realidade uma mesa. Percebe??  E ainda por cima você é uma mesa de pinho, barateca...ainda se fosse de pau-santo.
-Pois tu, se tens pau, não dou por isso, e de santo tens muito pouco! O melhor que consegues ser é um pobre pau mandado! Vais para onde te ordenam.
-Realmente vou para onde me ordenam...mas a ordem para o ordenado nunca mais é ordenada. Parece que faço parte da Ordem dos ordenados, com ordenados em desordem. isto precisava aqui era duma nova  Ordem...mas de ordem das Forças da Ordem, não da ordem que ordena, sem pagar ordenados.
-Olha queixa-te á administração. Falas para o administrador, que logo te administra a cura para a dor de seres um dador de serviços, sem o  retorno de uma ordem dele para ser ordenado o pagamento do teu ordenado.
-Para a administração, onde o administrador nada administra? Isso era  administrar mal o tempo, do pouco tempo que eu próprio tenho para administrar. E depois mesmo que eu administrasse bem o meu tempo para falar com o administrador que nada administra, ainda tinha de passar pela secretária da administração, que me dizia, que o administrador não estava para administrar o seu tempo de administrador, para administrar assuntos para os quais um administrador com a sua qualidade para administrar, não se podia preocupar.
-Preocupar dizes tu e muito bem. O tempo que tu nos ocupas, com as tuas preocupações de gente preocupada, melhor ocupasses o teu tempo a administrar ocupações para esta mesa desocupada, pois só te preocupas com  ordens pouco ordenadas, e depois dizes que não ordenam para que seja dada a ordem para te pagarem o ordenado. Administra bem as tuas ordens, e logo a secretária da administração, dirá ao administrador para ordenar, que seja dada a ordem para te facultarem  o ordenado.
-Para me facultarem? Para me facultarem?? Isso são faculdades  que a Faculdade onde o administrador supostamente  aprendeu a administrar, não lhe lhe foram facultadas. Ou se foram facultadas, as faculdades para administrar as ordens de pagamento, do ordenado, a este empregado, ou foram mal ordenadas ou mal empregadas.
-Mal empregada sou eu num empregado como tu. Emprega-te mas é no teu oficio de empregado e logo ordenarão, ordens para o teu ordenado. E agora toma atenção  e sê bem educado que vem aí um cliente com ar preocupado, e não te preocupas a ocupar o teu tempo com a ordem para o teu ordenado.
Abraços

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

"Isto há com cada um!!" ou " Faz como quiseres desde que faças como eu digo."














Estava eu, bem sentado na esplanada de um restaurante, a escrever umas notas num papel enquanto bebericava uns goles num copo de tinto,  quando se acerca de mim um individuo com os seus setenta anos e diz-me:
 -Ouça lá você é que é o gajo que dá porrada no Alvarenga? 
Eu respondi-lhe simpaticamente que não, que não dava porrada a ninguém, ainda para mais, só por uma vez estive á distancia necessária para poder engalfinhar-me com o Miguel Alvarenga.
-Pois sim.., responde-me ele, meio enfadado, como se tivesse pressa de avançar na prosa. 
-Mas é você ou não é você que escreve aquelas coisa da lenga lenga? 
-Sim sou eu, respondi , já á espera do que lá vinha. 
-Olhe, pois fique você sabendo que já li duas ou três coisas e gosto muito. 
-Ah muito obrigado, digo-lhe eu encabelado e meio sem jeito, pois não esperava que mais do que 5 ou 6 pessoas lessem as minhas diabruras acerca do jornal farpas, e muito menos uma pessoa já com aquela idade.
-Olhe...você não perca muito tempo com rodeios...arreie-lhe forte e feio...e se quiser eu conto-lhe já aqui uma para você pôr lá na Internet.
Lá lhe expliquei conforme pude que o meu objectivo não eram os ataques pessoais mas sim, utilizando o humor, criticar a linha editorial do Jornal Farpas. 
Mas ele lá continuava :
-E pode escrever que ele faz assim e faz assado... e passa férias não sei aonde, e quem lhe paga o colégio e mais não sei o quê...
Até que lhe disse: 
-Amigo... isso até pode ser tudo verdade, mas não é esse o objectivo do meu blogue...eu quero é divertir-me e divertir quem o ler, mas sem ofender ninguém nem me meter na vida privada de ninguém.
E responde-me ele, já enervado por não conseguir demover-me dos meus propósitos:
- Olha! Olha!! Já vi tudo!! Afinal você também tá com medo dele!! E eu que pensava que você era afinado!! Atão um c.... daqueles que fala mal de toda a gente, só escreve é aldrabices, mete-se na vida de meio mundo, não tem nada em nome dele, nem carro tem, tem uma motoreta qualquer... e você tem medo de escrever o que eu lhe estou dizendo?
-Meu amigo, disse-lhe eu, uma coisa é eu não gostar da maneira como ele aborda os assuntos da Festa Brava, ou como ele se intromete na vida das pessoas, outra era eu ir escrever sobre a vida privada do homem, que nem conheço, ainda por cima só porque você me está dizendo. Primeiro não sei se é verdade, e mesmo sendo, não tenho nada a ver com isso.
Aí, ele já exasperado, vira-se para mim, e vermelho de raiva, responde-me:
- Mau!!Atão mas você está a chamar-me  mentiroso?? Quer dizer uma pessoa vem aqui com a melhor das intenções, para o ajudar, e você  parte logo pró insulto?? Cá pra mim, sabe o que é que eu lhe digo? Olhe você deve ser da mesma laia!!! Quer dizer uma pessoa chega-se á fala consigo, para que você tenha material para arrear no outro gajo, e você ainda se arma em cão com pulgas, e me chama mentiroso? Se eu tivesse menos 20 anos levava já um bom par de murros, que era aquilo que você merecia.Você é um ingrato... olhe vá bardamerda e mais aquela boa merda que você escreve lá na Internet.. e se quer que eu lhe diga nem nunca lá fui ver aquilo...foi um neto meu é que me falou naquilo...ainda se fossem gajas nuas...agora paleio...
(e virando-se para meia dúzia de pessoas que observavam a conversa) Ó rapaziada!!! Vocês já viram este gabirú..??? Está aqui uma pessoa cheia de boas intenções, e este bardamerda, a chamar-me mentiroso...como se a gente não conhecesse bem a história do Alvarenga...
Os amigos meio indiferentes lá iam tentando acalmar os ânimos do senhor que teimosamente continuava:
-Isto há com cada um...olha agora, ein? Quer dizer, eu venho aqui pra beber um cafézinho descansado na paz do senhor e vem este gajo não sei de onde para me chatear com as histórias do  Alvarenga ou com o raio que o parta... Ó pá quero lá saber do Alvarenga..você tem alguma coisa que se andar a meter na vida do homem?
Eu se fosse a ele sabia o que é que lhe fazia...que era pra você não se armar em esperto..aquilo ainda por cima é a vida do homem...agora você é velhaco...velhaco e ordinário...anda aqui á pergunta de histórias só para enxovalhar o outro...olhe vá mas é trabalhar...você precisa é de trabalhinho no lombo...e de preferência ao sol..  olha-me este ein...???Tjasus!!!!
Chamei o empregado, paguei, levantei-me e pensei: Realmente há dias em que só a nossa existência já chateia alguém!
Abraços

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Já existiam revistas cor-de-rosa...agora também há um Jornal cor-de-rosa...

 Pois é, caros aficionados.A isto se chama: Contenção!!!
Numa altura de crise, é preciso agilizar, é preciso rentabilizar os nosso activos.
E foi isso que fez o Jornal Farpas e deveria ser seguido por outros órgãos de comunicação, especialmente a comunicação escrita.
O Jornal Farpas com uma grande capacidade de criatividade, e sempre à frente do seu tempo, (veja-se o exemplo do seu blogue: dá as noticias todas antes do jornal, o que faz do Farpas, um Jornal que ante de o ser já o é), resolveu mais uma vez inovar.
Num período em que a temporada tauromáquica entra no seu defeso, ao invés de se esfalfar para encontrar noticias do interesse dos aficionados, o Jornal Farpas entra pela inovação, e no mesmo espaço, cria um Jornal de interesse meramente Social e de cariz Amoroso. Fez muito bem, pois até no mundo dos Toiros existem épocas para o acasalamento,e assim, também no jornalismo isso pode acontecer, ou seja, criar um espaço para noticiar acasalamentos, coisa que o Jornal Farpas traz já na primeira página do seu jornal, na sua primeira edição desta nova estratégia.
Como é seu timbre, pois lá porque se mudou de estratégia, não precisa de se mudar de linha editorial, o Jornal Farpas, dá noticias em primeira mão, que com muita probabilidade irão ser desmentidas, ou quiçá nunca terão acontecido, mas isso pouco importa, porque na realidade o importante num Jornal é dar a noticia! Se ela é verdadeira ou falsa pouco importa (quem quiser saber, investigue).
Aqui se chama á primeira página , um "suposto" romance entre Tito Semedo e Sofia Santos, mas também as guerras que envolveram João Moura e Filipa e (pasme-se) até sobre a vida intima do director do Jornal....
Mas há mais no interior deste Jornal: Um romance tórrido entre um toiro Ascensão Coimbra com uma vaca  Veiga, a fuga para o estrangeiro de um poldro da coudelaria de Alter com uma poldra Sommer d'Andrade, e até a assunção de uma relação Homossexual de dois cabrestos dos Irmãos Silva.Temos ainda nas páginas deste magnifico jornal, fotos em biquíni duma vaca Dolores Aguirre em férias numa Herdade do sul de França.
Tudo isto e muito mais, no único Jornal que não cala a verdade,e onde a mentira é anã, ou seja tem perna curta! Depois os menos atentos admiram-se porque esgota sempre este Jornal!!!
Abraços

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Em bom português se diz: "De cagar a rir!!!"

Um grupo de "aficionados" defensores do Jornal Farpas foi entrevistado por um canal estrangeiro e exprimiu assim as suas opiniões acerca do referido Jornal. A não perder!!!!
video
E POR FAVOR COMENTEM!!! SE NÃO, FICAMOS COM A SENSAÇÃO QUE NÃO GOSTAM!!!
Abraços...

terça-feira, 16 de novembro de 2010

10 coisas para fazer com o farpas

Há quem pense que o Jornal Farpas não tem qualquer utilidade, que é um desperdício de meios, etc.
Eu estou totalmente em desacordo. O Farpas tem, não uma, mas várias utilidades. Passo a citar:
Manutenção térmica- O farpas é um óptimo meio para manter a temperatura dos tachos ou dos recipientes que transportam comida, nomeadamente para os pic-nics (mal acabe de cozinhar enrole o recipiente em 4 ou 5 folhas do farpas e coloque na cesta merendeira até á hora da refeição)
Limpa vidros - O Farpas tem uma grande capacidade de agarrar toda a gordura e nódoas em torno de si. Para uma maior poupança nestes momentos de crise nem precisa de usar detergente: Use o popular cuspo. Quanto mais cuspir no Farpas mais eficiente ele se torna.
Forrar gavetas: Óptimo para forrar qualquer tipo de gavetas, especialmente para gavetas que acomodem roupa: O Farpas tem uma tão grande capacidade de criar ódios, que até as traças o evitam.
Protector anti-choque - O farpas é excelente para utilização na mudança de sua casa: por exemplo no acondicionamento de vidros. No caso de algum se partir pode sempre atribuir as culpas ao "maldito Jornal que nem pra isto serve".
Cama para animais: O  Jornal Farpas dá uma fantástica cama para os seus animais, ou  caso o pretenda forre o sitio onde os seus animais vão defecar. Vai ver que até os animais sentem um enorme prazer em fazer as suas necessidades  em cima daquele pasquim.
Acendalhas- Para quê gastar dinheiro em acendalhas impregnadas de produtos químicos, quando tem o farpas mesmo ali á mão? Um jornal incendiário faz muito melhor a função pretendida!
Pinturas - Quantas vezes pretendemos fazer aqueles pequenos arranjos de pintura e acabamos a pintar também o chão? Com o jornal Farpas você pode evitar manchar o seu chão de tinta!  E até pode entreter-se a pintar  bigodes na Solange ou a desenhar uns colares á  volta do pescoço do Miguel.
Agricultura - Tem problemas com "passarinhos" no seu quintal? Ao preço que está a palha fica difícil fazer um bom espantalho. Pode fazê-lo com jornais do Farpas! E se for artista pode retratar o Huguinho, porque  os passarinhos já o conhecem e não vão picar na sua horta... e ainda vai poder ouvir os seus vizinhos gritarem: Olha o espantalho do Farpas!!
Calçado - Quantas vezes já os seus sapatos se deformaram por falta de algo no seu interior? Encha-os de folhas de jornal do Farpas. Tem duplo resultado: não deixa deformar o sapatinho e para o caso de cheirar mal dos pés, não se preocupe que esse cheiro será suplantado pelo mau cheiro do Jornal.

Não pensem que me enganei a contar! A décima utilidade deixo ao vosso critério conquanto não seja lê-lo!
Abraços

domingo, 14 de novembro de 2010

"Tava para não ir ...mas fui"

Eu fui á feira da Golegã
e até era pra não ir
mas sei que vocês aceitam
que eu me queira divertir

não pensem que eu fui lá
fazer como toda a gente
armar-me ao pingarelho
eu  sou um tipo decente

já lá não ia ao tempo
já nem sabia o caminho
mas fui atrás do cheiro
das castanhas e do vinho


Á golegã não queria ir
mas era grande asneirada
comi e bebi  á farta
e no fim não paguei nada


não pensem que eu bebo
até que caia de cu
eu sou um tipo decente
não sou nenhum gabirú

só estive com gente bem
malta com certa cultura
e ainda fiz um negocio
com margaça e ventura

todos me cumprimentaram
e disseram que era o maior
senti que foram honestos
que o disseram sem favor

mas eu sou um tipo decente
ouçam bem o que vos digo
para  a todos retribuir
escrevo-lhes já um artigo

paginas pagas cá cantam
até começar a temporada
se é pra dizer bem eu digo
a dizer mal não ganho nada

Gostei de estar, pois gostei
e nunca lá me senti só
mas senti grandes saudades
dos meus amigos do Linhó

agora, amigos tenho de ir
decerto  compreenderão
gosto muito disto aqui
mas espera-me a prisão

como se diz "é pro caminho"
vá lá então mais uma copa
da maneira que eu já estou
a diferença já é pouca...

adeus amigos e não pensem
que eu já ando adormecido
pra polémicas e aldrabices
 contem sempre comigo

e agora só para os patetas:
não há jornal que mais venda
comprem antes que esgote
o farpas do Alvarenga!!!



quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Era uma vez uma menina que vivia num castelo, muito triste coitadinha, e os seus lindo cabelos loiros só brilhavam ao sol quando a menina, num dos raros momentos, aparecia á janela...
E  vinha gente de longe só para ver a menina.E perguntavam-se entre eles: como poderemos ver a menina?
E aqueles já conhecedores do fenómeno diziam : Aquela menina? Para a ver, Só ao longe!
Vinha gente de todo o lado só para a ver, mas sempre  Só ao longe!
Um dia, estava o Rei D. Miguel jantando frente a mesa muito farta, quando  João, o cortesão da corte, homem forte e de confiança do Rei, lhe diz
- Senhor, vem gente de tão longe só para ver a menina... seria bom para o Reino que Vossa Senhoria deixasse que o povo a visse de mais perto...
- Meu bom  João, de cavalos percebes tu,agora do povo percebo eu! Eu é que sei do que o meu povo gosta. Enquanto a virem ao longe, irão especular se é bonita, se é feia, se tem todos os dentes ou se tem verrugas nos lábios...entendes?
- Mas meu bom senhor, se o povo começar a falar mal da menina, pode ser mau para o Reino..
-Não João!!! Isso é muitíssimo bom, João! É preciso é que o povo fale, bem ou mal pouco importa... Como é que estão os comunicados ao reino?
-Senhor, estão muito bem...esgotámos novamente...
-Muito bem caro João, eu bem te disse que a noticia de que iria acabar com os alabardeiros, iria causar celeuma.... onde pára o meu Moço de Câmara, esse rapazinho imberbe, o Dinis?
-Senhor, esse rapaz está a caminho de Estremoz, onde foi buscar umas oferendas para Vossa Excelência como prémio por ser o melhor Rei deste reino.
-Mas meu bom amigo João...Existe mais algum Rei no meu Reino?
-Não... Senhor... unicamente Vossa Excelência!!! Mas isso não quer dizer que não seja o melhor...
- Pois que seja! Sabes bem, que adoro que o meu povo me bajule...por falar em bajuladores...onde pára o meu escudeiro Teixeira???
-Senhor.... esse Teixeira não é boa rês...pois saiba Vossa Excelência que não se portou conforme as normas deste reino na ultima viagem por terras de D. Inácio.
-Então? Que me contas tu?
- Pois saiba Vossa Alteza que durante o ferra do gado de D. Inácio, o cavaleiro Marco de Caneiras da Ordem de Alvalade, contrariamente ao que lhe é imposto pelo Conde de Alvalade, monsenhor de Betencourt, desmontou de seu cavalo para pegar num bezerro a campo, que como sabeis são manifestações da plebe.
Diz quem lá esteve que o Cavaleiro pediu sigilo, coisa não respeitada por por seu escudeiro, Senhor!
- Meu caro e bom João...mas essas são as minhas ordens...enquanto o povo andar preocupado com polémicas, não me questiona enquanto rei...percebes?
-Não entendo, mas aceito vossa Alteza!!! E que fazer com a menina senhor??
-Mas que raio João...mais a tua fixação com a menina...olha vai ter com ela e escrevam um novo edital...
Mas senhor ..sobre que assunto?? mais impostos???
-Não João!!! Carregados de impostos anda o povo..olha....ela que faça um edital sobre o S. Martinho..
-Sim Senhor...
e assim continua a historia do Rei Miguel no Reino Do Faz de Conta!!!!
Abraços

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

ESTE JORNAL É UM COLOSSO!!!


Realmente o Jornal farpas é um jornal completo! Senão, atente-se na capa:
A noticia desportiva: Caneira tem futuro nas pegas!!
A critica informática: Alvarenga analisa sites taurinos!!
A necrologia: Adrien Gomez - morreu o toureiro que estava tetraplegico!!
A noticia especuladora: Farpas eleito o Melhor Jornal Taurino do Ano

E possivelmente lá no seu interior terá artigos que versam
 Economia:
 "este deve um curro àquele e o outro não paga a não sei quem...";
Politica: 
"O presidente Moita  Flores afirmou ao Farpas que pretende candidatar-se aos municípios de Coruche, Vila Franca de Xira e Alcochete";
Coluna Social:
"Manzanares e Morante casaram...e foram felizes para sempre"
Turismo: 
Faça férias cá dentro: LINHÓ um destino de eleição
Motores:
"Testes á ultima Vespa - fomos testar esta máquina para os lados de Évora"
Gastronomia:
"Bife na pedra à moda de vila viçosa", "vinho da herdade das arengozinhas" "doces de Moura"
Familia:
João Moura, João Moura Junior, Miguel Moura, João Augusto Moura, Benito Moura, Ana Moura, Manuel Moura dos Santos, Vicente Moura, Defensor Moura, Manuela Moura Guedes...
Crime:
Jornal Farpas esgota mais uma edição!!!

ESTE JORNAL É UM COLOSSO!!! ESTÁ TUDO GROSSO!!! ESTÁ TUDO GROSSO!!!

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

A diferença entre quatro e quarto!!!

Segunda-feira, 8 de Novembro de 2010

E vão quarto! Rádio Portalegre também distingue jornal "Farpas"






Qual a diferença entre o quarto e um quatro: á primeira vista, nenhuma!Têm as mesmas letras....

Um quarto pode ser 1/25 avos de qualquer coisa,mas também poder ser uma divisão da casa.
Fomos ver a wikipédia.
A definição mais comum de um quarto é a que o relaciona a um cómodo qualquer de um edifício. Normalmente, porém, a palavra costuma ser usada como sinónimo para um dormitório, especificamente. O quarto geralmente é utilizado para descansar.
Historicamente falando, alcova é um quarto sem janelas, comum nas casas coloniais brasileiras. Em função da falta de ventilação, costumavam ser mais húmidos e sujeitos à presença de mofo. Por não terem janelas, também eram frequentemente utilizados para a prática dos actos sexuais, o que deu origem a expressões como alcoviteiroatleta de alcovasegredos de alcova, etc.


Atentos na tradução salta-nos á vista as palavras mofo, e alcoviteiro...

Já  a tradução de quatro...

"O quatro (4) é o número natural que segue o três e precede o cinco."
PROPRIEDADES MATEMATICAS
É o primeiro número composto, sendo os seus divisores próprios o 1 e o 2. Como a soma dos seus divisores é 3 < 4, trata-se de um número defectivo. O número composto seguinte é o 6
Na tradução de quatro aparece-nos as palavra composto e defectivo

Então vamos todos fazer o raciocínio da coisa, e tentar encontrar o paralelismo das palavras MOFO E ALCOVITEIRO  com COMPOSTO E DEFECTIVO:

Para a produção de composto é necessário humidade, logo dai o cheiro a mofo: esta foi fácil!!

Escalpelizando a palavra defectivo: Se logo á partida somos levados a pensar  que defectivo vem da palavra defecar, desenganem-se os más línguas...
Defectivo : Verbos  cuja acção é especifica de determinado espécie de animal e que portanto são utilizados apenas na 3ª pessoa do singular e do plural: "o cão ladra, uiva, late, rosna"
Ora cá está...tal como o cão ladra, uiva e rosna, também o alcoviteiro se usa das mesmas armas para atacar.

Conclui-se assim, que na realidade QUARTO ou QUATRO é a mesmíssima coisa...ou talvez não..
abraços